Tags

, , , ,

Portaria Núcleo Pedra Grande - Parque da Cantareira

Portaria Núcleo Pedra Grande – Parque da Cantareira

Para quem deseja fugir dos parques lotados e ter a sensação que está fora da cidade, uma  excelente opção de passeio  é o Parque Estadual da Cantareira, no Núcleo da Pedra Grande. É surpreendente que haja uma floresta  de 7.916 hectares de Mata Atlântica a apenas a  10 km do centro de São Paulo.

Por ser mais acessível – dá para chegar de ônibus a partir de Santana, na zona norte  –  o Núcleo Pedra Grande do Parque da Cantareira é o mais visitado.  Já fui o lugar várias vezes e sempre que surge uma oportunidade, eu volto lá para levar amigos que ainda não conhecem. Este final de semana, fomos num grupo de sete pessoas fazer um piquenique na Lagoa das Carpas e percorrer os 10 km de trilha. Calma! Este percurso é de ida e volta e o acesso é asfaltado. Para quem não está acostumado, pode ficar um pouco cansado, principalmente na subida, mas se for caminhando devagar e apreciando a natureza, você nem percebe quando chegar ao ponto mais alto: a pedra grande. Da entrada ao mirante são 6.780 metros.

Mapa trilhas Núcleo Pedra Grande

Mapa trilhas Núcleo Pedra Grande

Prepare sua câmera porque se o dia estiver claro, a vista é maravilhosa. Dá para ver vários bairros da zona norte e até o Pico do Jaraguá. Ao lado, fica o Museu da Pedra Grande com maquetes e objetos. Infelizmente, no dia que eu fui estava fechado.

Mirante Pedra Grande - Parque da Cantareira

Mirante Pedra Grande – Parque da Cantareira

No meio do caminho há trilhas menores que saem do asfalto.  A Trilha das Figueiras de 1.200 metros , a Trilha da Bica de 1.500 metros e a Trilha do Bugio, de apenas 300 metros.  Se for a primeira vez que você vai, sugiro não ir na ida para não ficar muito cansado. Se na volta ainda estiver disposto, pode escolher uma delas.

Os melhores ângulos da Pedra Grande - Parque da Cantareira

Os melhores ângulos da Pedra Grande – Parque da Cantareira

Posso ir sozinho?

Não é preciso ir com guia, você pode ir sozinho porque as trilhas são todas sinalizadas e de fácil acesso. Na portaria, pode pegar um mapa e o funcionário explica sobre as principais atrações do parque. A infraestrutura conta com vários banheiros no percurso e para a alegria da criançada tem um parquinho ao lado do lago das carpas. Caso não tenha levado lanche, antes de chegar à portaria há várias lanchonetes e ambulantes, que ficam na entrada do Horto Florestal, onde tem o ponto final do ônibus, então não precisa se preocupar, que não vai passar fome.  O Parque da Cantareira é bem seguro,  os guardas ficam percorrendo o parque de carro e moto.

Trilha Pedra Grande

Trilha Pedra Grande

Sim, você pode levar as crianças. Eu mesma vi várias de quatro, cinco, seis anos. Se ela estiver acostumada a andar, vai adorar o passeio. É só ir andando devagar e mostrando as plantas, árvores e quem sabe com sorte vocês até encontram um bugio. Eu nunca tive esta sorte,  só ouvi o barulhão que eles fazem. Outros animais que vivem no parque são a preguiça, serelepe, quati, suçuarana, macaco-prego e macaco Sauá.

Fazendo piquenique no Parque da Cantareira

Fazendo piquenique no Parque da Cantareira

Para quem nunca foi é bom avisar que o Parque da Cantareira é um lugar de contemplação e caminhadas, não sendo permitida a prática de esportes, bicicletas ou pets. O barato aqui é entrar em contato com a natureza e apreciar a vista.

Você pode fazer uma pausa para o lanche na própria pedra grande ou se preferir, volte um pouco e entre na trilha que chega ao lago das carpas.  Tem algumas mesas para piquenique ou apenas estenda a toalha e aproveite para compartilhar guloseimas com seus amigos.

Lago das Carpas Parque da Cantareira

Lago das Carpas Parque da Cantareira

Saiba mais sobre o Parque Estadual da Cantareira

Segundo os historiadores, Cantareira foi o nome dado a serra pelos tropeiros que faziam o comércio entre São Paulo e as outras regiões do país, nos Séculos 16 e 17, devido à grande quantidade de nascentes e córregos encontrados na região.

O nome cantareira vem de cântaro, porque era costume armazenar água em jarros de barro (cântaro) e as prateleiras onde eram guardados chamavam-se cantareiras.

O parque abriga várias nascentes  e cursos d´água abastecendo a cidade de São Paulo. Aberto em 1963 abrange a capital, Guarulhos, Mairiporã e Caieiras. É um importante remanescente de Mata Atlântica abrigando várias espécies como o samambaiaçu, figueira, jacarandá, embaúba, entre outros.

Bambuzal e outras espécies da mata atlântica  no Parque da Cantareira

Bambuzal e outras espécies da mata atlântica no Parque da Cantareira

Os outros núcleos são das Águas Claras, que fica em Mairiporã, Engordador, que tem quedas d´águas e o maior deles é o Cabuçu, que também tem cachoeira. Já me informei que é possível chegar ao Engordador  e no Cabuçu de transporte público, porém são mais distantes.  Mas assim que for, conto para vocês como é.

E você, já foi ao Parque Estadual da Cantareira? Conheceu a Pedra Grande? O que mais gostou?

Lago das carpas no Parque da Cantareira

Lago das carpas no Parque da Cantareira

Rua do Horto, 1.799

Taxa de visitação: R$ 12 e R$ 6 (meia)

Como chegar: Há várias linhas de ônibus que dão acesso ao parque entre as quais a 2740-41 Metrô Parada Inglesa x Horto Florestal.
Similares: 2740-10-0 – Metrô Santana, 1783-41-0 – Metrô Parada Inglesa; 1764-41-0 – Metrô Parada Inglesa,1783-21-0 – Metrô Tucuruvi e 1722-10-0 – Tucuruvi.

Para saber outros números de linhas, fornecendo origem e destino, ligue para o telefone 156  da PMSP ou pelo site da Sptrans 

Mais informações e horários de funcionamento no site

Placa indicativa trilha Pedra Grande

Placa indicativa trilha Pedra Grande

Anúncios